Artigos

Qual foi a desse tal de… GAMESFODA – Um recado especial dos criadores dessa bagunça

Arthur “Tuba” Zeferino O GAMESFODA começou como uma comunidade no Orkut, lá por 2008. Nem se chamava GAMESFODA ainda. O nome veio de uma piada interna quando o lendário Paulo Candeia se auto-proclamou um GAMESFODA (sempre em caixa alta) por ter terminado Demon’s Souls. A expressão pegou e eventualmente foi criada uma conta no Twitter com esse nome, usada basicamente pra postar piadas e umas músicas – apenas porque eu […]

Qualé a desse tal de… Sonic Mania?

Cada vez que eu abro Sonic Mania, eu fico frustrado. Não por causa do jogo em si, mas porque a sua excelente animação de abertura (a qual eu assisti inúmeras vezes esperando o jogo sair pra PC) não toca após a apresentação dos logotipos iniciais. Ao invés disso, você tem o logotipo da SEGA, a dos desenvolvedores dos jogos, e aí a tela título, com o emblema aparecendo primeiro e […]

Qualé a desse tal de… Night in the Woods

Demontower é mais um desses roguelikes com pixelart que estão em alta. É um hack’n’slash que lembra Diablo, só quem sem todos aqueles itens e ao invés de descer até o inferno, você sobe uma torre cheia de esqueletos, magos e monstros aleatórios, e tudo o que você consegue fazer é atacar e rolar. Nesse aspecto lembra um pouco Dark Souls, inclusive tendo referências ao jogo. Eu não queria mencionar […]

Final Fantasy XIV e o fim do mundo

Você deve se lembrar de Final Fantasy XIV. Não, não falo da sua versão melhorada e mais popular de 2013, intitulada de A Realm Reborn. Falo de sua primeira versão, patch 1.0, lançada em 2010. Talvez se lembre também que o jogo foi um fracasso tão grande que seu diretor foi trocado poucos meses depois. Seu novo diretor, Naoki Yoshida, fez de tudo para salvá-lo, mas não havia mais jeito. Então, para a […]

Por que os olhos de The Last Guardian são uma ideia incrível

The Last Guardian é um jogo que, assim como seus dois predecessores, tem muita sensibilidade e astúcia para desenvolver seu foco temático principal dentro da própria progressão, sem abusar de cutscenes ou diálogos para isso. No caso, o foco é o desenvolvimento do elo de amizade e cooperação entre o garoto controlado pelo jogador e a criatura conhecida como Trico. Praticamente todos os elementos do jogo favorecem a exploração dessa […]

Qualé a desse tal de… Valentino Rossi The Game

Ou “Onde é que foram parar os jogos licenciados?”   Ayrton Senna’s Monaco GP II foi um dos meus primeiros contatos reais com jogos de corrida em que eu sabia minimamente o que estava fazendo. Ele trazia todas as pistas oficiais do campeonato mundial de Fórmula 1 com equipes fictícias equivalentes às oficiais e pilotos igualmente baseados em suas contrapartes do mundo real, exceto pelo maior de todos cujo nome […]

5 anos de GAMESFODA: a volta dos que não foram (ou quase)

Essa semana – mais precisamente ontem, dia 26 de janeiro – o GAMESFODA completou cinco anos de existência. Para celebrar data de tão ímpar importância, tenho para vocês um comunicado especial: não, vocês não se livraram da gente ainda. Como os visitantes mais assíduos notaram, passamos por um longo intervalo sem nenhum conteúdo aqui no site. Durante esse tempo achamos justo interromper a arrecadação do Patreon, algo que muitos interpretaram como […]

Qualé a desse tal de… DOOM (2016)

Em 1998 o primeiro Half Life apareceu pra mudar o conceito do que era um FPS. Com um foco maior no seu enredo, o jogo trazia uma sequência de abertura longa e cheia de diálogos, algo que ia completamente contra o foco na ação e na violência que praticamente todos os jogos do gênero da época apresentavam. DOOM 3 foi lançado seis anos depois e dava pra notar como a […]

Feliz aniversário, Undertale

Era o dia 26 de Setembro do ano passado quando o meu amigo @nervosdepapel me comentou sobre o tal do Undertale. Não vou negar que tremi na base quando ouvi o clássico “é tipo EarthBound” – quase sempre que alguém joga essa frase no meio é pra descrever algo que não tem nada a ver com EarthBound, só chegando a, no máximo, ter um humor um pouco mais engraçadinho aqui […]

Qualé a desse tal de… Phoenix Wright: Ace Attorney – Spirit of Justice

Ace Attorney é uma série curiosa. Depois do 4º jogo, seu criador, Shu Takumi, já não trabalhava mais nela. Mais estranho ainda, ele ficou encarregado dos spin-offs: enquanto Dual Destinies era produzido ele dirigia Layton vs Wright e, da mesma forma, enquanto Spirit of Justice era feito, The Great Ace Attorney, um jogo sobre o ancestral do Phoenix e Sherlock Holmes, estava em seus estágios finais. Então, era de se esperar […]

Visit the best review site wbetting.co.uk for William Hill site.